domingo, 16 de agosto de 2009

Minha música

Brincando com as palavras, fiz no estilo rap, a seguinte rima:

Nunca pensei que um computador gerasse tanto aprendizado
Agora, nunca sai do meu lado
Seja na minha casa, no teatro ou na escola
Mostro minha arte pelo mundo afora

Divirtam-se!

Espetáculo 'Wat's wrong with the world' une Rio e Londres via internet em apresentações simultâneas




Apresentado simultaneamente no Rio e em Londres via internet, o espetáculo "What´s wrong with the world?". Idealizada pela companhia britânica Station House Opera junto à paulista Phila 7, a peça faz parte da série "Play on Earth", que tem como objetivo a busca de uma nova forma de expressão através dos recursos tecnológicos.
O espetáculo conta com quatro telões e cinco possibilidades de imagens: o palco do Rio, a Rua Dois de Dezembro (onde fica o Oi Futuro), o Café do Teatro, o palco do Soho Theatre, e a Dean Street, em Londres. As mesmas cenas são apresentadas nos dois palcos, com transmissão simultânea via streaming em (uma espécie de teleconferência), em inglês e português, e os atores chegam até a interagir.
O que se busca é que não sejam vistos palco nem tela, mas uma coisa nova. Ainda estamos imersos em elementos de teatro, cinema, de videoarte, mas estamos caminhando para uma nova dramaturgia, exclusiva para os novos meios. Continuamos longe de encontrar essa nova relação, mas já demos um grande salto - conta.
Segundo Velloso, todo o processo de criação é feito como uma inversão da construção clássica do espetáculo. A idéia das imagens é pensada antes do texto. A história é mostrada em fragmentos e sugere a relação de uma mulher (Luciana Fróes) com dois homens (Beto Matos e Marcos Azevedo). Cabe ao espectador tirar conclusões.
Há um mistério no palco. É uma história recortada, como uma foto. Há acontecimentos que transbordam do quadro, então só é possível enxergar uma parte da realidade. Deixamos o entendimento para o público. Há um universo de possibilidades que é um reflexo do mundo contemporâneo - explica.

Fonte: O Globo

Teatro e Tecnologia no aprendizado para crianças

Andei pesquisando pelo Google e achei diversas matérias interessantes sobre o tema que trataremos nessa diciplina.

Um reportagem me chamou atenção em especial, sobre a fusão teatro-tecnologia para a contribuição no aprendizado de crianças. O exemplo tratada da escola Monteiro Lobato, uma das dez finalistas do Prêmio Gestão 2008, com o projeto "Tecnologia educacional, novos olhares para o processo educacional".

Segundo a diretora da escola:" as turmas vão à sala de informática para exercitarem o raciocínio matemático, por meio de jogos, além do "Mundo das artes: conhecendo a humanidade e suas diferentes expressões culturais", onde há uma professora responsável pela sala e cada turma é atendida uma vez por semana, trabalhando eixos temáticos como movimentos culturais, músicas e artes visuais"

Quer saber mais? Entre no link.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Começando a "brincadeira".

=)